X
Acesso aos Serviços

Notícias / Crea-BA

Notícias

Atualização de competências da Engenharia Elétrica em debate

18/07/2019

Iniciar um diálogo em torno de uma nova sistemática para a aplicação dos artigos 8º e 9º da resolução 218/1973 do Confea com o objetivo de nacionaliza-la, com base na decisão aprovada pela  Câmara Especializada de Engenharia Elétrica do Crea-MG. Este foi o objetivo da reunião mantida entre o presidente do Confea, eng.  civ. Joel Krüger, nesta quarta (17), e os  coordenadores das câmaras de Engenharia Elétrica de Minas Gerais, Goiás e Rio Grande do Sul, que participavam da reunião da modalidade.

Segundo o coordenador da Câmara de Minas Gerais, Krisdany Cavalcante, o objetivo é “dar clareza às escolas, coordenadores de curso e alunos de cursos de graduação e pós-graduação para que eles cumpram disciplinas de maneira a assegurar as suas atribuições”.  Ao lado do coordenador adjunto Bruno Monteiro, do coordenador da Elétrica no Crea-GO, Petersonn Caparrosa, e da coordenadora no Crea-RS, Nilza Veturini Zampieri, eles foram recebidos pelo presidente, que os colocou a par, inclusive, dos novos encaminhamentos promovidos junto ao Conselho Nacional de Educação (CNE), em torno da mudança de paradigmas que prevê a adoção do ponto de vista da competência, e não mais dos conteúdos.

“Inclusive, a Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea) e o Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia (Cobenge) são os fóruns definidos para discutir as diretrizes que serão levadas ao CNE e ao Mec. Ao lado da Abenge, do CNE e da CNI, o Confea é uma das frentes que definirá como fazer as atribuições, conforme esse contexto de mudança de paradigmas”, destacou Joel, o que levou a representante do Rio Grande do Sul a elogiar a postura “proativa” do Federal em torno da “recuperação do tempo perdido a respeito desse tema” e a ponderar quanto à necessidade de já readequar essa proposta à nova orientação em discussão.

Ao final da reunião, já com a presença do superintendente de Integração do Sistema, eng. eletric. Reynaldo Barros, os participantes foram instados pelo presidente do Confea a promover o encaminhamento paralelo junto à Coordenadoria Nacional e junto à Superintendência, especialmente, à Comissão de Educação e Atribuição Profissional (Ceap) e à Gerência de Conhecimentos Institucionais (GCI)

Equipe de Comunicação do Confea

Fonte: Ascom Crea-BA

COMPARTILHE ESTE CONTEÚDO

notícias

ver todas

revista

Revista 66

Edição 66 | 2019


outras edições